quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

O caso do Champinha e a defesa de Maria do Rosario.

Quem conhece o histórico da luta de Jair Bolsonaro Messias Bolsonaro no Congresso Nacional sabe que uma de suas principais bandeiras é a redução da maioridade penal e punições mais severas a crimes como este apresentado no texto abaixo. Um exemplo disso é seu projeto 5398/2013 que visa a castração química como pena para estupradores.
A confusão entre Jair Bolsonaro e a ex-ministra de direitos humanos se deu justamente porque, naquela ocasião, o parlamentar estava defendendo a redução da maioridade penal e uma pena mais rígida ao psicopata e estuprador Roberto Aparecido Cardoso, o "Champinha".
Peço que leiam e entendam a verdade dos fatos.
A discussão entre Bolsonaro e Maria do Rosário, que voltou à tona da maneira mais canalha possível moldada pela mídia e pela base do Governo, aconteceu em 2003, e decorreu de um assunto que estava sendo tratado por Bolsonaro em entrevista: a redução da maioridade penal e o caso Liana Friedenbach e Felipe Caffé.
Vocês conhecem? Então vou refrescar a memória de vocês!
----------
Esse casal decidiu acampar numa região próxima a São Paulo. Os criminosos "Champinha" e "Pernambuco" avistaram o casal e decidiram roubá-los. Como não encontraram dinheiro, sequestraram o casal. Durante esse período, Champinha e seus comparsas torturaram e estupraram Liana em uma espécie de rodízio, enquanto Felipe Caffé, namorado da Liana, assistia a tudo.
No dia 02 de Novembro de 2003, Pernambuco matou Felipe covardemente com um tiro na nuca. Os bandidos ainda passaram mais 3 dias abusando de Liana, quando em 5 de Novembro, o menor Champinha levou Liana a um matagal, deu um forte golpe com um facão no pescoço da vítima, a esfaqueou várias vezes e tentou degolá-la. Não satisfeito, golpeou a cabeça da estudante com o lado "cego" do facão, o que causou um traumatismo craniano. Em seguida, abandonou o corpo na mata.
Sabe o que a justiça decidiu a respeito desse Champinha? O internou na Fundação CASA, o transferiu por várias vezes para proteger a vida dele pois estava sendo ameaçado por outros menores infratores e concluiu que ele apresentava apenas um retardamento mental moderado e foi coagido a cometer os crimes. OWN, TADINHO!
----------
Na entrevista, Bolsonaro estava defendendo a prisão justa desse coitado - MONSTRO - menor que junto com os comparsas estuprou e, sozinho, matou de forma cruel uma estudante de 16 ANOS DE IDADE. Ele defendia, como toda a sociedade defende, a redução da maioridade penal. Inclusive, há diversos projetos de autoria do Deputado Jair Bolsonaro que visa minimizar esses crimes e punir mais severamente quem os comete.
Quem seria contra prender de forma rígida e igual a qualquer criminoso maior de idade alguém que comete um crime tão cruel assim? Ninguém né?! A população toda clamou por justiça né?! NÃO, ALGUÉM DEFENDEU ESSE MARGINAL: MARIA DO ROSÁRIO E TODOS AQUELES ''DEFENSORES DOS DIREITOS HUMANOS''.
Já indignado com o caso e depois com essa postura ridícula da defensora de menores estupradores, Bolsonaro então sugeriu que ela contratasse o Champinha para ser o motorista do carro da filha dela. Ela ficou bravinha... o resto vocês já sabem!
fonte: https://www.facebook.com/bolsonarozuero3.0

17 comentários:

  1. Muita covardia, muito insanidade, desgraçados que queimem vivos
    ESSE CHAMPINHA DEVERIA SER QUEIMADO VIVO E OS OUTROS CARAS QUE FIZERAM ISSO.

    "AMADO, NÃO SIGAS O MAL, MAS O BEM. QUEM FAZ O BEM É DE DEUS; MAS QUEM FAZ O MAL NÃO TEM VISTO A DEUS". (3 JOÃO 1:11).

    A Dor, o sofrimento a carne que sangra, o despero a covardia, as trevas.

    Falar é facil.
    Falar em amor, caridade e perdão é facil.
    Não foi meu corpo que foi diabolizado, dilacerado, violentado, estrupado, não foi minha carne que sangrou.
    Foi a dela, ai é facil pregar as boas novas.
    Ela foi humilhada
    Tiraram a roupa dela ela ficou nua.
    Abusaram dela
    Ela foi estrupada em rodizio, covardemente violentada por demonios em forma humana.
    Morderam seu corpo e sua carne
    Teve a vagina arrebentada
    Teve o anûs arrebentado
    Ela sofreu o inferno na carne
    Ela sofreu horrores
    E você ficou na sombra sem sofrer nada, tranquilo e na paz, agora que tirar onda de pregador e falar em perdão, tolerancia e caridade.
    Não foi sua carne que sangrou
    Não foi sua carne que foi estrupada
    Não foi sua vagina que foi arrebentada
    Ela foi humilhada, cruelmente humilhada
    Não tivero pena
    Ela foi avacalhada e oferecida as trevas.
    E você agora fala de perdão, fala que foi karma ou provação.
    Se foi karma, a vitima deixa de ser vitima e passa a merecer essa maldade.
    O mal seria uma necessidade, grande absurdo.
    A garota sofreu, chorou, foi abusada, arrebentada, diabolizada e agora você vem com essa conversa mole de caridade e perdão.
    E ela como fica?????
    Você sofreu o que ela sofreu, responda seu ze ruela
    É muito facil na sombra e na paz falar em Deus e jesus, não foi sua carne que sangrou e foi estrupada.
    Foi ela aí é facil
    Não foi comigo, PIMENTA NOS OLHOS DOS OUTROS É REFRESCO.
    Pimenta na vagina da outra é facil, falar em perdão e na sua e se foi sua filha, sua mãe ou sua esposa???
    Muita covardia, muito insanidade, desgraçados que queimem vivos
    ESSE CHAMPINHA DEVERIA SER QUEIMADO VIVO E OS OUTROS CARAS QUE FIZERAM ISSO.

    Pense bem, foi com você???
    Sua carne padeceu, sangrou e foi estrupada???
    Não foi a dela
    Aí é facil

    E a outra que foi queimada viva
    Foi o corpo dela a carne dela que foi queimada
    E não a sua
    É facil minha carne não foi queimada, fica facil falar em perdão e caridade.
    Já pensou no sofrimento dela, ter o corpo consumido por chamas???
    Que dor
    Que desgraça
    Que sofrimento
    Que desespero
    Já pensou no seu sofrimento
    Não você não entende
    Não foi sua carne que foi queimada

    Que a Luz as conduza e que me conduza também

    PROVÉRBIOS 6:16-19 DIZ: \"SEIS COISAS O SENHOR ABORRECE, E A SÉTIMA A SUA ALMA ABOMINA: OLHOS ALTIVOS, LÍNGUA MENTIROSA, MÃOS QUE DERRAMAM SANGUE INOCENTE, CORAÇÃO QUE TRAMA PROJETOS INÍQUOS, PÉS QUE SE APRESSAM A CORRER PARA O MAL, TESTEMUNHA FALSA QUE PROFERE MENTIRAS E O QUE SEMEIA CONTENDAS ENTRE IRMÃOS.\"

    Wilson Moreno

    ResponderExcluir
  2. Todos somos passíveis de cometer crimes e, por mais que eles sejam cruéis e terríveis, não justificam nenhum tratamento desumano a quem os cometeram, pelo contrário, pois nenhuma desumanidade irá ressocializar o indivíduo, que, aliás, por ser menor de idade, tem direitos previstos no ECA, que devem ser respeitados, por mais que seus atos, repito, tenham sido cruéis e terríveis. A indignação e revolta nunca foram conselheiros adequados do direito, e a vontade de punir nunca deve ser o motor da reflexão penal, que deve ter como guia o ideal de uma sociedade que respeite o direito de todas e todos. Se queremos que as pessoas respeitem o direito à vida dos outros, mostremos que respeitamos o direito delas a um tratamento justo, de acordo com as leis e a justiça. Redução da maioridade penal não resolve o problema da criminalidade no Brasil. Os casos de adolescentes infratores são, estatisticamente, muito pequenos para que justifiquem tal redução, por mais que esses casos sejam marcados por extrema violência. As pessoas deviam parar de julgar e buscar compreender o caso do rapaz e tentar encontrar caminhos políticos que possibilitem a redução das condições que geram a formação de adolescentes que chegam a tal nível de barbárie, isso, sim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você, Anselmo Chaves, é um verme, um lixo, não é um ser humano, gostaria de ver se esse amaldiçoado do CHAMPINHA, tivesse feito tudo isso que você está defendendo com a sua mãe, a sua irmã ou um ente mais próximo, se irias continuar defendendo "esse xurumi", portanto vá você, Maria do Rosário, chambinha e quem mais quizer para o quinto dos infernos, isso é se o DEMÔNIO, SATANÁS, SAPIRICO, se quizer recebê-los por lá. FIM DE PAPO - SEU EXXXXXCROTO.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Vamos torcer pra que um dia alguém foda gostoso com sua mãe, esposa ou filha e depois a mate em sua frente.. quem sabe assim você muda de ideia.. se não mudar, meus parabéns pode sair voando que vc virou um anjo.
      Gente retardada como você, metida a bom samaritano, tem que entender que lixo como esse champinha não liga a mínima pra nada. tiram a vida de pessoas que poderiam ajudar a melhorar o mundo, sem se preocupar com suas famílias, a dor que vai causar.. Tudo isso porque uns merdas iguais a você defendem eles. Vc acha que um verme igual ele vai se regenerar? Vc quer que levem ele para um clube de férias, com piscina, sauna, quadras de tênis, futebol, etc...? me poupe desse teu humanitarismo barato.

      Excluir
    4. maldito, débil mental. desgraçado isso é o que vc é

      Excluir
    5. Perfeito o que Anselmo disse. E se outras pessoas querem descumprir a lei, ou modificá-la, e queimar o Champinha vivo, que o façam. Liberdade de pensamento, respeito às leis, respeito à vida. Todos queremos isso, só usamos caminhos diferentes. Isso não é suficiente para justificar agressões verbais a quem expõe seus pensamentos. Ou torcer para que algo horrível aconteça a ele, ou a mim. Ética não é variável conforme o trauma, senão não é ética. Por isso as leis foram criadas: se todos tivéssemos o respeito à ética, não haveria Champinhas, nem seus carrascos.

      Excluir
    6. Anselmo, você está errado. Eu sei que isso é um Copy Cole tirado de algum site dessa linha de pensamento, o qual foi redigido em uma sala acarpetada e com ar condicionado. O grande erro desse papinho de ressocialização de todos foi querer essa ressocialização até aqueles que não querem ser ressocializado. Pois bem, se isso fosse algo universal e avançado, todos os países do primeiro mundo não teria prisão perpétua, pois até aquele serial killer, o mais psicopata, teria direito de respirar o ar puro e refrescante da montanha. Sabemos que há sociedade mais avançadas que a nossa, mas fechamos os olhos que em 95% delas há a pena de prisão perpétua. Canadá, EUA, Espanha, França, Inglaterra, Escócia, Irlanda, Holanda, Suíça, Suécia, Áustria, Alemanha, Itália, Rússia, Coréia do Sul, Austrália, Japão, e vários outros países subdesenvolvidos, África do Sul, México, Índia, tem prisão perpétua. Será que eles não sabem desse papinho que você disse acima de ressocializado, respeitar o direito dos presos, etc? Será que nós estamos avançados e todos esses atrasados? Pior, será que o motivo de nossa violência não deriva desse papinho que todos os presos tem que sair um dia? Os ingleses, americanos, franceses, suíços, japoneses, australianos, alemães e canadenses acham que não. Em suma, de países ricos, só Portugal e Noruega não tem prisão perpétua. O primeiro já sabemos no que deu, somos subprodutos deles. O segundo não sabe o que fará com aquele psicopata que sairá brevemente, o qual fará outros 49 mortes. Ah sim, Bolívia e Paraguai também não tem prisão perpétua...

      Excluir
    7. Anselmo, você precisa de tratamento psiquiátrico. Só precisa reconhecer sua doença, caríssimo estúpido.
      Além de tudo você é burro e ilógico.
      Você acha que é plausível, razoável e justo um monstro estuprador e assassino, que não respeita qualquer limite ou tem qualquer sensibilidade com a dor alheia, ainda assim ter um tratamento cheio de cortesias, urbano, humano e amenidades, quando ele mesmo não dá nenhum desses tratamentos a suas vítimas!
      Que direito humano é esse, que só atende aos direitos do violador desses mesmos direitos?

      Excluir
    8. Anselmo vai se tratar seu retardado!

      Excluir
    9. Desejo profundamente que vc não passe por isso na sua vida e com ninguém da sua família, seu demente! Pq se um dia vc passar, meu amigo, vai lá ler um livro na cadeia pro seu bandido de estimação! Comentário babaca

      Excluir
  3. Ainda aparece pessoas como esse doente chamado anselmo é um
    carniça que deveria repensar seus pensamentos muito bem julgar não compete a nós simples mortais mas a justiça divina pode ter certeza um dia vem e ai vc e outros iguais ao champinha vão ver o que é bom para a tosse.

    ResponderExcluir
  4. Não acho que o caminho é usar palavrões contra Anselmo. Basta fazer o exercício usando como vítimas eles mesmo, sua mãe, irmãs, esposa, amigas etc. Anselmo, países muito evoluídos como é caso da Inglaterra por exemplo não passam a mãozinha na cabeça de menores quando eles praticam crimes hediondos como esse Champinha ou até menos graves. Esse seu raciocínio é njusto com a vítima. Essas crianças e adolescentes meliantes no fundo pedem, imploram para que alguém de sue círculo ou a sociedade lhes dê limites. A falta de limites lhes traz inseguranças, falta de direcionamento, falta de futuro.

    ResponderExcluir
  5. Bizarro como as pessoas não sabem respeitar pensamentos opostos, não sabem articular uma simples frase para debater. Já partem pra ignorância, xingamentos, discurso de ódio.
    Ninguém pensa igual a outro, ninguém é obrigado a concordar com o outro.
    Esse tipo de pessoa que não sabe articular meia duzia de palavras para argumentar são aquelas que se bobear cara a cara partem pra agressão, se bobear sai no tiro.
    Não é na força, não é na marra que se tenta mostrar diferentes pontos de vistas para outra pessoa.
    Esse tipo de pessoa é aquela que só olha pro próprio umbigo, acha que só ele ta certo, só ele é esperto e tudo que é diferente está errado, que o diferente deve ser excluído e exterminado.
    Como quer discutir coisas básicas para a a sociedade em que se vive se não ao menos educação tem?

    ResponderExcluir
  6. O amadurecimento de uma pessoa não depende da idade que ela possui. Então, quer me dizer que uma pessoa de 17 anos e 364 dias não sabe o que está fazendo, mas uma pessoa de 17 anos e 365 dias sabe? Me diga como 1 que difere os 17 e 18 anos pode mudar no amadurecimento de uma pessoa? Assim como o indíviduo Champinha não apresentou arrependimento quanto ao crime cometido, o casal Nardoni com idade acima aos 30 (considerados aptos a responder por suas atitudes) também não apresentaram. Há sim a ressocialização, e eu acredito. Mas não no caso de Champinha e muito menos nesse país. É mais que utópico, é burrice! Não são todos que merecem uma segunda chance, sim, somos passiveis a cometer crime como qualquer outro ser humano, mas há umas coisas chamadas caráter, ética e moral, e por menor que sejam esses elementos, o individuo consegue sentir no seu intimo o minimo de remorso sequer, e nesse caso, não aconteceu. Aposto que durante os 5 dias de tortura ele teve condições de pensar e repensar no que estava fazendo. Ele não pode ser solto, que o deixem internado como doente se assim quiserem, mas solta-lo... jamais! Eu espero que com o tempo, essa sua visão tenha sido um pouco modificada.

    ResponderExcluir